Facebook
Youtube

» Z Festival chega à sexta edição trazendo a nova turnê mundial de Camila Cabello ao país

Evento acontecerá em outubro em quatro cidades – São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Uberlândia – e terá em seus line-ups nomes como Anavitória, Iza, Rouge, 1Kilo, Vitor Kley, Zeeba, Cat Dealers, MC WM, Make U Sweat, Kvsh, Big Up, as DJs Thascya, Sabrina Bastos, Bárbara Labres e Sr. Banana

Por Midiorama

Principal festival voltado para o público jovem no país, o Z Festival retorna em outubro ao Brasil, depois de reunir cerca de 120 mil pessoas em edições passadas. Este ano, o evento acontecerá em quatro cidades, tendo como principal headliner a cantora norte-americana/cubana Camila Cabello com sua nova turnê internacional, “Never Be the Same World Tour”.

Em sua sexta edição, o Z Festival acontecerá em Porto Alegre, no dia 11 de outubro, no Beira Rio; em Uberlândia, no dia 13 de outubro, no Estádio Sabiá; em São Paulo, no dia 14 de outubro, no Allianz Parque; e em Curitiba, dia 16 de outubro, na Pedreira Paulo Leminski. Entre as atrações que se revezarão nas quatro cidades estão o duo Anavitória, a cantora Iza, a mais famosa girl band do país, o Rouge, o coletivo carioca 1Kilo, o cantor Vitor Kley, o funkeiro MC WM, a banda de reggae Big Up, a banda Sr. Banana e algumas das mais novas revelações da cena eletrônica nacional: Zeeba, Cat Deelers, Make U Sweat, Kvsh, as DJs Thascya, Sabrina Bastos e Bárbara Labres.

O Z Festival teve sua primeira edição em 2011, comandada pelo fenômeno Justin Bieber. Além do canadense, o festival já recebeu em seus palcos outros sucessos internacionais como Demi Lovato, Fifth Harmony, Austin Mahone, The Wanted, McFly, Big Time Rush, Yellowcard, Emblem 3, Boyce Avenue, além de estrelas nacionais como Anitta, Projota, Tiago Iorc e Manu Gavassi, entre outros, em shows que aconteceram no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

Camila Cabello

Foto: Divulgação

Natural de Cuba, a cantora Camila Cabello, de 21 anos, é hoje um dos maiores ídolos jovens de todo o planeta. Em 2012, quando participava do programa The X Factor, foi selecionada para integrar o Fifth Harmony, primeiro grupo feminino a ultrapassar 1 bilhão de visualizações de um único clipe no YouTube e com o qual vendeu milhões de cópias. Em dezembro de 2016, Camila deixou o grupo, partindo para a carreira solo. Desde 2015, lançou quatro singles que entraram no top 20 da Billboard Hot 100: “I Know What You Did Last Summer”, com Shawn Mendes, “Bad Things”, com Machine Gun Kelly, “Never Be the Same” e “Havana”. Este último atingiu o primeiro lugar em vários países e foi uma das músicas mais tocadas no mundo em 2017, ano em que a cantora vendeu cerca de 10 milhões de singles, só nos EUA. Em janeiro deste ano, lançou seu primeiro álbum solo, intitulado “Camila”, que chegou à primeira posição nos charts dos EUA e foi top 10 em vários países das Américas, Europa e Oceania. Em 14 de fevereiro, anunciou sua primeira turnê internacional solo, a “Never Be the Same Tour”, que chega ao país dentro do Z Festival.

Rouge

Foto: Divulgação

O mais famoso girl group brasileiro, o Rouge é integrado por Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hils, Li Martins e Lu Andrade. O grupo foi formado em 2002 por meio do show de talentos Popstars e teve suas integrantes selecionadas entre 30 mil candidatas. O primeiro álbum de estúdio vendeu mais de dois milhões de cópias no Brasil, impulsionado pelas canções “Não Dá pra Resistir”, “Beijo Molhado” e, principalmente, “Ragatanga”, dando ao grupo a alcunha de “as Spice Girls brasileiras”. Ao longo de quatro anos, tornou-se o grupo feminino mais bem sucedido do Brasil e da América Latina, com turnês esgotadas pelo país e diversos países da América Latina, Europa e África. Também foram estrelas de comerciais e programas de televisão, bem como os rostos de diversos produtos licenciados como álbuns de figurinhas, sandálias e bonecas. O grupo ainda lançou um álbum de remixes e dois álbuns de estúdio até se dissolver em 2006. No dia 12 de setembro de 2017, o grupo anunciou um show com a formação original, com ingressos rapidamente esgotaram. Em outubro, anunciaram o retorno definitivo.

1KILO

Foto: Divulgação

1Kilo é um coletivo de rap e hip hop, cuja história começou há um ano e meio, quando Pablo Martins, DoisP, Dj Grego e Rasta Beats começaram, despretensiosamente, a gravar músicas juntos e colocar no YouTube. O sucesso foi tão grande que virou, rapidamente, o projeto 1KILO. As inspirações são muitas, já que cada integrante soma com uma influência: rock, música clássica, música orgânica, eletrônica, Rap, Funk, anos 70, samba… tem de tudo um pouco no som do 1KILO. Em julho de 2017 lançaram um feat com o cantor Lucas Lucco, “Só por Hoje”, que se transformou em um dos carros-chefes do coletivo. “Deixe-me Ir”, um dos maiores sucessos do grupo, chega hoje a mais de 245 milhões de visualizações no YouTube, canal onde já somam hoje 4,2 milhões de inscritos.

Zeeba

Foto: Gabriel Wickbold

O cantor e compositor Marcos Lobo Zeballos, mais conhecido como Zeeba, nasceu nos EUA. Filho de pais brasileiros, ainda bebê, mudou-se para o Brasil, o que, segundo o próprio, o faz ser “mais brasileiro que americano”. Zeeba é a voz brasileira mais ouvida no mundo. É conhecido pelos hits “Photographs” (que figurou no Top 10 em estações de rádio do Brasil) e por ser a voz de “Hear Me Now” (música de Bruno Martini e Alok que entrou na lista das 50 mais escutadas no mundo no Spotify e chegou ao primeiro lugar na lista das 50 mais tocadas no Brasil). Depois lançou “Never Let Me Go”, “FoundU”, “With Me”, “Ocean” e compôs também a música “Sun Goes Down”, com Bruno Martini e Isadora Moraes. É intérprete de todas suas músicas. Seu último lançamento é o single “Live In The Moment”.

Vitor Kley 

Foto: Divulgação

Natural de Porto Alegre, o cantor e compositor Vitor Kley é um dos principais nomes da nova geração musical no país. Depois de lançar um álbum independente em 2009, Vitor começou a conquistar fãs e atrair atenção para sua música. Apadrinhado por Armandinho, um dos principais nomes do reggae brasileiro, Vitor foi contratado pelo produtor Rick Bonadio, com quem lançou seu primeiro EP. Com cerca de 80 mil seguidores no Instagram, seus clipes têm mais de um milhão de visualizações no YouTube. Lançou, no final de 2017, o single “O Sol”, que desde então vem alcançando resultados significativos nos rankings das músicas mais tocadas do país. Em junho de 2018, Vitor lançou o single “Morena”, junto com o produtor e compositor Bruno Martini.

MC WM

Foto: Divulgação

O produtor e cantor William Almeida Araújo tem 28 anos e é mais conhecido como MC WM. Ou ainda como DJ Will, O Cria, como assina a maioria das suas produções musicais. Um dos principais nomes do funk no país saídos de São Paulo, ele se destaca por sua voz rouca – o que no começo da carreira parecia um empecilho, acabou se transformando em seu diferencial. Seus sucessos, sempre diversificados, estão espalhados numa série de parcerias com os mais diferentes nomes do gênero - Jhowzinho e Kadinho (“Perigosamente”, “Pancadão“), Os Crentinos (“Qual bumbum mais bate”, “Estremece quando ela desce“), MC Leleto e MC Maromba (“Automaticamente”), Jerry Smith (“Opa Opa“), MC Lan, (“Grave faz Bum”, “Sua amiga eu vou pegar“) e o Youtuber Louco de Refri (“Novinha Taradinha“). Seus mais recentes sucessos são “Fuleragem” e “Favelado que te ama”.

Make U Sweat

Foto: Divulgação

Composto por Dudu Linhares, Guga Guizelini e Pedro Almeida, o power trio de DJs anima as pistas das principais casas noturnas e festas do país com sua performance e sets enérgicos. Após alguns anos se encontrando nas principais casas noturnas de São Paulo, surgiu a ideia de montarem um projeto e tocarem juntos. Em 2012, o power trio Make U Sweat faz sua primeira apresentação na “Festa Única”. A marca registrada do trio é a energia na pista e nos últimos anos já tocaram em eventos e festas como a RedBull F1 Brasil, a Festa da Playboy, o Reveillon Punta 2012, Set Club, Pink Elephant, Provocateur, além de serem residentes na Festa do Patrão e Festa do Polo, entre outros.

KVSH

Foto: Divulgação

“KVSH” é um projeto do DJ e produtor mineiro Luciano Ferreira, um dos nomes de destaque na nova cena eletrônica nacional. Mesclando estilos como Brazilian Bass, House, Nu Disco e Tropical House, ele tem criado um som com melodias marcantes e “basslines” pesadas. Em 2016 sua música “Potter”, inspirada nas melodias dos filmes “Harry Potter” chegou ao top 1 no Spotify no chart das músicas mais virais no Brasil, México e Colômbia, além de ser tocada por diversos DJs nacionais e internacionais nos melhores clubes do Brasil e do mundo. No ano passado participou do Electric Zoo Brasil, além de importantes festivais internacionais como Hardwell e R3Hab.

Big Up

Foto: Divulgação

Big Up é uma banda de reggae paulista composta pelos músicos Gabriel Geraissati, Lucas Pierro e Ras Grilo. Foi formada em 2015 quando, além de começarem a tocar juntos, eles montaram o próprio Home Studio. Foi de lá que saiu seu primeiro EP, intitulado “Guia”. Lançado no começo de 2016, o EP conta com cinco faixas autorais, dentre elas o single “Xangô”. Em 2017 a banda lançou seu segundo EP “Dos”.


Newsletter

Fique por dentro de shows, festivais e viagens!

Redes Sociais
Youtube
Selo Google
Formas de pagamento
RD Cultural © 2018 - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento e Hospedagem